Ter um negócio é fixe! parte I

Muito se fala das dificuldades em ter um negócio próprio mas pouco se lê acerca do lado bom da “coisa”.

Pela experiência que tenho com a Vegan Vibe, podia enumerar uma série de pontos negativos, áreas de oportunidade, stresses que acontecem pelo menos 3 vezes por dia mas não! 

Hoje vou falar de como ter um negócio próprio se pode revelar motivo de união familiar e de crescimento profissional.

veganvibe.pt

Pois é! A Vegan Vibe tem uma família por detrás do projeto. Somos uma equipa. As decisões são tomadas entre adultos e os testes de sabor são feitos com a ajuda dos mais novos. A mão de obra, essa, é grátis porque todos descarregamos, colocamos nas prateleiras, fazemos caixas e o TOFU, claro, dá-nos mimos quando estamos cansados.
Eu sou , sempre, o controlo de qualidade ahahah.

Se a Vegan Vibe nos uniu (ainda mais) enquanto família? sem dúvida alguma. Será difícil explicar, mas a forma floreada seria deste género “ pessoal, tive uma ideia e gostaria de contar com a vossa ajuda, alinham ? vai ser bom para todos! “. Até hoje nunca disseram que não, portanto, quero acreditar, que gostam desta harmonia que encontramos e deste equilíbrio em que todos encontram o seu lugar.

Vamos à parte do Crescimento profissional porque se como eu, és o manager, o responsável de armazém, de compras, de comunicação, de transporte etc… terás de te ultrapassar e desenvolver competências, que  muitas vezes não estão sequer visíveis, porque num trabalho por conta de outrem, normalmente, tens as responsabilidades ligadas à tua função.
Num negócio próprio do próprio e só mesmo dele, terás de avançar, o que por si é muito positivo. Se tu não resolveres, quem o fará?!
Se gostares MESMO do teu negócio e não tiveres plano B, acredita encontrarás SEMPRE solução. O plano A não terá como não dar certo.

veganvibe.pt

Poderás perguntar-me “mas Eva, não existem dias em que tens vontade de desistir?”, “dias em que tudo corre mal e em que nada do que fazes faz sentido? . Claro que existem ! e ainda bem ! Não vou reprimir esses sentimentos. Fazem parte do percurso, do crescimento, do caminho, do dar valor ao dia em que tudo corre bem, e em que dou por mim a pensar “está tudo certo, não me enganei”.

Se me estás a ler e tens dúvidas quando ao salto que deves dar, acredita em mim …. ter um negócio pensado e estruturado é MESMO fixe! 

Estarei por aqui, caso queiras partilhar o Teu lado positivo … de ter um negócio próprio.

Eva

Brevemente a parte II 😉

Comentários (4)

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *